Macron chama Bolsonaro de mentiroso e anuncia retaliação comercial

O presidente francês diz ser contra que a Europa assine acordo com o Mercosul após crime ambiental na Amazônia

A postura de Jair Bolsonaro diante do crime ambiental na Amazônia promete causar danos irreparáveis à imagem internacional do Brasil. Emmanuel Macron, presidente da França, afirmou que o brasileiro “mentiu” a respeito de seus compromissos com o meio ambiente.

Além disso, anunciou que, nessas condições, a França se opõe ao polêmico tratado de livre comércio entre União Europeia e Mercosul.

O Facebook silenciou a Fórum. Censura? Clique aqui e nos ajude a lutar contra isso

“Dada a atitude do Brasil nas últimas semanas, o presidente da República só pode constatar que o presidente Bolsonaro mentiu para ele na cúpula (do G20) de Osaka”, afirmou, acrescentando que “o presidente Bolsonaro decidiu não respeitar seus compromissos climáticos nem se comprometer com a biodiversidade”.

Macron concluiu: “Nestas circunstâncias, a França se opõe ao acordo do Mercosul”.

Pressão

Em meio à pressão pelo crescente número de queimadas na Amazônia, Macron, declarou, nesta quinta-feira (22), que a cúpula do G7 precisa discutir os incêndios na região. O encontro está previsto para este fim de semana, em Biarritz, no sudoeste francês.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.