domingo, 20 set 2020
Publicidade

Magnata da mídia Jimmy Lai é preso em Hong Kong por “conluio com forças estrangeiras”

A polícia realizou nesta segunda-feira (10) uma operação de busca e apreensão contra o magnata da mídia Jimmy Lai, em Hong Kong. A detenção tem como base a lei de segurança aprovada por Pequim e imposta ao território.

Jimmy Lai é dono de duas publicações, o jornal “Apple Daily” e a revista “Next Magazine”. Em ambas ele faz críticas ao governo de Pequim.

De acordo com o G1, a polícia anunciou outras sete detenções por suspeitas de conluio com forças estrangeiras – uma das novas proibições citadas na lei de segurança nacional – e por fraude. Dois filhos do magnata também teriam sido presos.

A lei de segurança é considerada uma das respostas de Pequim às manifestações pró-democracia que ganharam força em Hong Kong a partir de 2019. A lei concede às autoridades o poder de reprimir situações de subversão, separatismo, terrorismo e conluio com forças estrangeiras.

Para diversos ativistas, a lei acaba com o princípio “um país, dois sistemas” e que garantia uma série de liberdades para os cidadãos de Hong Kong que não existem no restante da China.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.