Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de outubro de 2019, 17h26

Manifestantes fecham estradas e paralisam Equador em quinto dia de protestos contra Lenín Moreno

Uma grande marcha mobilizada por movimentos indígenas está a caminho de Quito; assista vídeos dos protestos desta segunda feira

Kevin Vélez Guerrero/Reprodução/Twitter

Os protestos no Equador contra as reformas neoliberais propostas pelo presidente Lenín Moreno chegaram ao quinto dia. Nesta segunda-feira (7), indígenas fecharam estradas por todo o país e iniciaram uma marcha até a capital Quito. Diversas cidades também registraram uma forte presença da população na rua, em meio a uma greve nacional convocada por estudantes e movimentos sociais. Em resposta, o governo disse que “indígenas e correístas estimulam a violência”.

Desde a declaração de estado de exceção feita por Moreno na quinta-feira, quando as intensas mobilizações começaram, até o domingo, já foram foram detidos 477 presos políticos no Equador. Moreno voltou a repetir no domingo que não pretende recuar em seu projeto econômico e disse que está decido a “sancionar os correístas”. O presidente foi eleito com o apoio de Rafael Correa, mas rompeu com seus aliados e é considerado um traidor pela esquerda.

“Durante muitas décadas o movimento indígena se manifestou em paz […] Nunca vimos situações de agressividade, de saqueio e delitos. É responsabilidade única e exclusiva dos líderes [indígenas] que não tem controle da situação o que está acontecendo e o que pode acontecer. […] Quem está fazendo isso é quem queria transformar o Equador em uma Venezuela, é o correísmo organizado”, declarou Juan Sebátian Roldán, secretario da Presidência, afirmando que “há infiltrados” no movimento indígena.

Nesta segunda, Quito foi tomada por bombas de efeito moral e gás lacrimogênio para dispersar as manifestantes que aguardam a chegada da marcha da Confederação de Nacionalidades Indígenas do Equador (CONAIE). Outras capitais também registraram grandes manifestações.

Confira vídeos desta segunda-feira:

 

 

 

Equador em ebulição


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum