Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de julho de 2019, 10h46

Marcio Pochmann critica acordo Mercosul-UE: “opção pela dependência do mercado externo”

"O Acordo UE-Mercosul reforça e acelera as atividades de baixa produtividade como as de serviços que incham no lugar da produção industrial a ser substituída por mais importados", avaliou o Marcio Pochmann, professor do Instituto de Economia da Unicamp

Márcio Pochmann (Foto: Agência Brasil)

O economista Marcio Pochmann, professor da Unicamp, usou as redes sociais para criticar o acordo de livre comércio assinado nesta sexta-feira (28) entre Mercosul e União Europeia. Segundo ele, esse pacto gera dependência e incha o setor de serviços.

“Com a opção pela dependência do mercado externo, em detrimento do consumo e investimentos internos, o Acordo UE-Mercosul reforça e acelera as atividades de baixa produtividade como as de serviços que incham no lugar da produção industrial a ser substituída por mais importados”, publicou Pochmann em seu Twitter.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

O economista ainda avaliou que na questão agrícola, exaltada pelo governo, o beneficiado é o agronegócio, não o pequeno produtor. “Acordo UE-Mercosul pode favorecer o agronegócio, não a agricultura familiar. Enquanto o primeiro tem baixo impacto no emprego e depende do exterior (exportação e importação de agrotóxico, trading), o segundo detém estoque da emprego e oferta alimento barato e de qualidade na mesa do brasileiro”, tuitou.

O acordo levou duas décadas de negociação e é considerado o segundo maior da UE. Críticos argumentam que, para conseguir acelerar o acerto, o Mercosul fez concessões demais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum