O que o brasileiro pensa?
25 de junho de 2020, 20h26

Medalha britânica causa polêmica por desenho racista e que recorda Caso George Floyd

Desenho da Ordem de São Miguel mostra anjo loiro com o pé sobre a nuca, supostamente de Satanás, mas este é representado por uma figura humana com características de um afrodescendente. Petição pede redesenho do distintivo

Foto: Twitter

Desde o assassinato de George Floyd em uma ação abusiva da polícia de Minneapolis, os Estados Unidos e o mundo passaram a viver diversas marchas e protestos contra o racismo, que têm como uma das principais marcas as ações contra estátuas e monumentos que representam figuras históricas racistas ou ideais que defendem a segregação racial.

Nesse contexto, o Reino Unido vem discutindo a controvérsia pelo desenho da medalha da Ordem de São Miguel, condecoração que é entregue pela coroa britânica para reconhecer pessoas que realizaram algum ato honrosa aos olhos da rainha.

No desenho, aparece um anjo, que seria São Miguel, representado por um homem loiro, com um pé sobre a nuca, supostamente de satanás, mas este é representado por uma figura humana com características de um afrodescendente. A cena lembra muito o caso de George Floyd, razão pela qual o debate sobre ela, que não é novo no país, ganhou mais repercussão desta vez.

Desenho da medalha da Ordem de São Miguel

Uma petição que foi entregue ao Parlamento Britânico pedindo o redesenho do distintivo, por considerar que a imagem é racista. “Esta sempre foi uma imagem altamente ofensiva, mas que também lembra o recente assassinato de George Floyd pelo policial branco”, afirma o documento, que já reuniu mais de 9 mil assinaturas.

A cantora Bumi Thomas, nigeriana radicada em Londres, ativista e especialista em comunicação visual, explicou em entrevista ao The Guardian que a imagem na medalha é extremamente ofensiva aos negros.

“O que vemos, onde supostamente seria a figura de Satanás, não é um demônio, e sim um homem negro acorrentado com uma figura branca pressionando o seu pescoço. É literalmente o que aconteceu com George Floyd, e o que vem acontecendo com os negros há séculos sob o disfarce de missões diplomáticas, ações policiais e outras situações que estão normalizadas na nossa sociedade graças à desumanização de pessoas de pele negra”, analisou a artista.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum