Menina de 6 anos tem nariz arrancado por tiro de fuzil em cidade na fronteira com Brasil

Garota estava brincando na frente de casa quando foi vítima de bala perdida de atentado contra um homem perto de onde ela mora, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai

Uma menina brasileira de 6 anos que mora em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na fronteira com o Brasil, teve parte do nariz arrancado por uma bala de fuzil perdida nesta sexta-feira (20).  Segundo a Polícia Nacional do Paraguai, ela foi atingida por engano em meio a um atentado contra um homem de 22 anos perto de onde ela mora.

Brenda Micaela Arguello González estava brincando com os primos na frente de casa, segundo relato de seu pai, o comerciante Alcides Gonzalez, ao portal G1. Foi em meio a essa brincadeira que ela foi atingida pelos disparos.

“Ela estava a cerca de 100 metros do atentado. Os tiros acertaram uma das mãos, na região da coluna e o outro arrancou um pedaço do nariz dela”, afirmou o pai ao portal. O comerciante afirmou ainda que Brenda está internada no Hospital da Vida, em Dourados (MS), e aguarda uma vaga no hospital Universitário (HU), na mesma cidade, onde passará por novos procedimentos cirúrgicos.

O alvo do atentado

O portal Campo Grande News informou que, no atentado, o paraguaio Fredy Enchagüe Bordon, de 22 anos, foi assassinado, com tiros de fuzis e pistolas. O site relata que, dentro do SUV blindado, com placa do Paraguai, que Fredy dirigia, foram localizados maços de dólares. A polícia paraguaia ainda não sabe qual a procedência do dinheiro.

Além de Brenda, uma mulher de 36 anos também foi atingida pelas balas. Ela estava em um ponto de ônibus.

O portal PedroJuaninos Online informa que, de acordo com a polícia, o motivo do atentado seria passional: a disputa por uma mulher.

Com informações do G1 e do Campo Grande News

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.