terça-feira, 20 out 2020
Publicidade

Merkel se une a Macron para levar incêndios na Amazônia ao G7: “Perigo para o mundo”

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, se uniu ao presidente da França, Emmanuel Macron, e para levar com urgência a questão dos incêndios na Amazônia à cúpula do G7.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Os incêndios na Amazônia são terríveis e perigosos não somente para o Brasil e todos os países envolvidos, mas para o mundo inteiro, porque a floresta é de grande importância para o sistema global climático”, disse o porta-voz de Merkel, Steffen Seibert, em uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira.

Para Merkel, os incêndios são “uma situação de grave emergência” que precisa ser discutida na Cúpula do G7. “Não é exagerado definir a Amazônia como o pulmão verde do mundo”, disse o porta-voz.

Comissão Europeia
Comissão Europeia também se pronunciou. “A Comissão está em contato com as autoridades brasileiras e bolivianas, pronta para fornecer assistência”, disse a porta-voz do Executivo, Mina Andreeva.

Também nesta sexta-feira (23), o governo da França anunciou hoje (23) que “se opõe” ao acordo entre União Europeia (UE) e Mercosul devido à “atitude do Brasil nas últimas semanas”. “Nestas condições, a França se opõe ao acordo”, disse o Palácio do Eliseu, em nota, após os ataques de Bolsonaro e do filho, Eduardo.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.