Entrevista exclusiva com Lula
04 de novembro de 2019, 17h15

Microsoft faz sua própria reforma trabalhista no Japão

Empresa testou durante um mês a redução na jornada de trabalho para quatro dias semanais e o faturamento aumentou em 40%

Foto: Reprodução

O Japão é um dos países com uma das cargas horárias de trabalho mais intensas do mundo. Diante disso, a Microsoft, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, fez uma experiência entre seus funcionários, que parece ter dado um bom resultado para companhia e seus trabalhadores.

Durante o mês de agosto deste ano, a empresa reduziu a sua jornada de trabalho, dando folga remunerada para os seus funcionários durante todas as sextas-feiras. A campanha foi chamada de “Desafio de Escolha Vida-Trabalho do Verão de 2019”. A ação fez com que a companhia crescesse seu faturamento em 40%.

Além disso, reuniões foram encurtadas para que durassem no máximo 30 minutos e os funcionários foram incentivados a fazer mais comunicações online e menos presencialmente. A Microsoft também informou que neste período reduziu 23% o consumo de energia elétrica e 59% de páginas de papel impressas. Segundo a companhia, 92% dos trabalhadores ficaram satisfeitos com a medida.

A gigante da tecnologia pretende repetir o teste no Japão no próximo semestre com folgas não remuneradas, mas que podem ser escolhidas livremente pelos funcionários.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum