quarta-feira, 23 set 2020
Publicidade

Microsoft faz sua própria reforma trabalhista no Japão

O Japão é um dos países com uma das cargas horárias de trabalho mais intensas do mundo. Diante disso, a Microsoft, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, fez uma experiência entre seus funcionários, que parece ter dado um bom resultado para companhia e seus trabalhadores.

Durante o mês de agosto deste ano, a empresa reduziu a sua jornada de trabalho, dando folga remunerada para os seus funcionários durante todas as sextas-feiras. A campanha foi chamada de “Desafio de Escolha Vida-Trabalho do Verão de 2019”. A ação fez com que a companhia crescesse seu faturamento em 40%.

Além disso, reuniões foram encurtadas para que durassem no máximo 30 minutos e os funcionários foram incentivados a fazer mais comunicações online e menos presencialmente. A Microsoft também informou que neste período reduziu 23% o consumo de energia elétrica e 59% de páginas de papel impressas. Segundo a companhia, 92% dos trabalhadores ficaram satisfeitos com a medida.

A gigante da tecnologia pretende repetir o teste no Japão no próximo semestre com folgas não remuneradas, mas que podem ser escolhidas livremente pelos funcionários.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.