Milhares de israelenses vão às ruas de Jerusalém pedir “Fora Netanyahu”

Manifestantes criticaram primeiro-ministro (que está no poder desde 2009) por seu envolvimento em três casos de corrupção e pela reação do seu governo à pandemia do coronavírus, considerada insatisfatória

Nesta terça-feira (14), a cidade de Jerusalém foi palco de uma manifestação de cerca de 12 mil pessoas, cujo objetivo principal foi pedir a demissão do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

No poder desde 2009, Netanyahu está envolvido em três processos por fraude e corrupção, mas a lei israelense não o obriga a se afastar do cargo, apesar de estar respondendo a processos na Justiça.

Entre os cartazes observados no protesto, se destacavam um que dizia “a corrupção de Netanyahu nos deixa doentes” e outro com o rosto do primeiro ministro e a frase “mais mortal que o coronavírus é o vírus da corrupção”.

Além dos problemas na Justiça, também houve protestos contra a gestão do governo com relação à pandemia, sobretudo porque este último domingo foi o dia com mais novos contágios (1,4 mil) e mortes (18) no país desde o início do surto. No total, Israel registra 41,2 mil contágios, e 371 mortes por covid-19.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR