Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de novembro de 2019, 18h31

Morte de fotógrafa chilena que registrava violência contra mulheres nas manifestações é investigada como assassinato

Albertina Martínez Burgos tinha 38 anos e seu corpo foi encontrado sem vida dentro do seu apartamento, onde vivia sozinha. Ministério Público trabalha com hipótese de homicídio

A fotógrafa chilena Albertina Martínez Burgos - Foto: Reprodução/Facebook

Do Chile, especial para a Fórum

A fotógrafa chilena Albertina Martínez Burgos foi encontrada sem vida na manhã desta quinta-feira (21), no apartamento onde morava, no centro de Santiago.

No apartamento de Albertina foram encontradas várias marcas de sangue em diferentes locais, e também o corpo mostrava lesões, razão pela qual o Ministério Público trabalha com a hipótese de homicídio.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Feminista, a jovem tinha 38 anos e trabalhava como assistente de iluminação do canal de televisão Megavisión. Também fazia trabalhos como fotógrafa freelancer, e nas últimas semanas estava se dedicando a registrar casos de violência contra mulheres nas manifestações realizadas no país desde outubro.

Até o momento, não há indícios de que esse trabalho tenha sido a razão que provocou o seu assassinato. No entanto, alguns coletivos feministas, como a Frente de Mulheres do partido Convergência Social, desconfiam da investigação da Justiça e exigem uma perícia independente para indicar as causas da morte e a identidade dos envolvidos no assassinato. A promotora, Débora Quintana, descartou que isso possa ser possível, a não ser que seja solicitado pela família da vítima.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum