Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
08 de janeiro de 2020, 08h29

Netanyahu coloca Israel na guerra e diz que Irã receberá “golpe estrondoso” se atacar

Ao assumir os ataques, a Guarda Revolucionária do Irã disse em comunicado que não diferencia o “regime sionista”, em referência a Israel, do “regime americano”

Bolsonaro e Netanyahu no Muro das Lamentações (Pedro Moreira/Fórum)

O primeiro-ministro de Israel, Bejamin Netanyahu, colocou definitivamente Israel no conflito entre Estados Unidos e Irã, ao declarar que ataques ao país serão respondidos com “golpe estrondoso”.

“Qualquer um que nos ataque receberá um golpe estrondoso”, disse Netanyahu nesta terça-feira (7) em Jerusalém, após os ataques do Irã às bases militares dos Estados Unidos na região, que teriam deixado ao menos 80 mortos.

Minutos após assumir a autoria dos ataque aéreos realizados contra bases militares iraquianas que hospedam tropas da coalizão dos Estados Unidos no Iraque, a Guarda Revolucionária do Irã (GRI) disse em comunicado que não diferencia o “regime sionista”, em referência a Israel, do “regime americano”.

“A Guarda Revolucionária do Irã diz nunca vai separar o ‘regime sionista’ dos crimes cometidos pelo ‘criminoso regime dos EUA’”, informou a rede de TV iraniana Press TV. “A GRI considera o regime sionista tão criminoso contra o regime dos Estados Unidos no assassinato do general Soleimani”, completou.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum