segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Netanyahu coloca Israel na guerra e diz que Irã receberá “golpe estrondoso” se atacar

O primeiro-ministro de Israel, Bejamin Netanyahu, colocou definitivamente Israel no conflito entre Estados Unidos e Irã, ao declarar que ataques ao país serão respondidos com “golpe estrondoso”.

“Qualquer um que nos ataque receberá um golpe estrondoso”, disse Netanyahu nesta terça-feira (7) em Jerusalém, após os ataques do Irã às bases militares dos Estados Unidos na região, que teriam deixado ao menos 80 mortos.

Minutos após assumir a autoria dos ataque aéreos realizados contra bases militares iraquianas que hospedam tropas da coalizão dos Estados Unidos no Iraque, a Guarda Revolucionária do Irã (GRI) disse em comunicado que não diferencia o “regime sionista”, em referência a Israel, do “regime americano”.

“A Guarda Revolucionária do Irã diz nunca vai separar o ‘regime sionista’ dos crimes cometidos pelo ‘criminoso regime dos EUA’”, informou a rede de TV iraniana Press TV. “A GRI considera o regime sionista tão criminoso contra o regime dos Estados Unidos no assassinato do general Soleimani”, completou.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.