terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Nova Zelândia: deputado é pego após enviar foto pornográfica a adolescente e renuncia

Na Nova Zelândia, país onde a pandemia do coronavírus já é coisa do passado, o assunto do momento é o escândalo sexual envolvendo o deputado opositor Andrew Falloon, do Partido Nacional, que foi descoberto após enviar uma foto com conteúdo sexual a uma adolescente de 19 anos.

Após a imprensa local revelar o caso, nesta segunda-feira (20), outras três mulheres surgiram fortalecendo as denúncias contra o parlamentar, dizendo que elas também teriam sido assediadas por ele, com fotos pornográficas enviadas por aplicativos de mensagens.

A oposição neozelandesa teme que o caso prejudique ainda mais a candidatura de Judith Collins, líder do Partido Nacional e principal candidata opositora para as eleições de setembro, na qual Ardern é favorita à reeleição, graças aos excelentes resultados obtidos no combate à pandemia do coronavírus, que tornaram a Nova Zelândia referência mundial.

A própria Judith Collins fez declarações em nome do partido, tentando se desligar da imagem de Falloon, e explicando porque ele não foi punido antes. “Ele estava mentindo e esse é o problema. O que acontece com os mentirosos é que você nunca sabe que eles estão mentindo até que você obtenha as informações por outros meios”, justificou a líder opositora.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).