Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de janeiro de 2020, 17h40

Novos foguetes explodem perto da Embaixada dos EUA no Iraque

Pelo menos três pessoas ficaram feridas em novo bombardeio ocorrido na Zona Verde de Bagdá neste domingo

Reprodução/YouTube

Um novo ataque aéreo foi registrado neste domingo (5) na região da Zona Verde de Bagdá, capital do Iraque. As explosões teriam ocorrido muito próximo da Embaixada dos Estados Unidos no país. O episódio acontece em meio a uma escalada nas tensões no Oriente Médio após o assassinado do general Qasem Soleimani, comandante da Guarda Revolucionária do Irã, por parte dos EUA.

Segundo informações do Russia Today e do Sputnik, um número ainda indeterminado de mísseis atingiu a região da Zona Verde. Um edifício foi atingido e ao menos três pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas a um hospital. Muita fumaça pode ser vista no local.

No sábado, dois mísseis caíram na Zona Verde, sendo que um deles explodiu bem próximo da Embaixada dos Estados Unidos, destruindo uma rua. No mesmo dia três projéteis explodiram na Base Aérea iraquiana de Balad, utilizada para a concentração de tropas estadunidenses.

Provocações

Mais cedo, o general do exército iraniano Abdolrahim Musavi respondeu a ameaças feitas pelo presidente dos Estados Unidos Donald Trump, dos EUA. “Num potencial conflito no futuro, o que eu não acredito que eles [americanos] tenham coragem de realizar, vai ficar mais claro onde os números 5 e 2 vão se encaixar”, afirmou. Trump disse que já elegeu 52 alvos no Irã.

O Irã também anunciou que deixou o acordo nuclear e que seu programa de enriquecimento de urânio “não enfrenta mais nenhuma restrição operacional”.

Retirada do Iraque

Também neste domingo, o Parlamento do Iraque determinou a expulsão das tropas dos Estados Unidos de seu território após a escalada de conflitos na região.

Mais informações em instantes

Confira vídeo da Zona Verde após o ataque aéreo:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum