Fórumcast #19
14 de agosto de 2019, 20h08

Oposição quer instalar governo provisório no Reino Unido contra Brexit

Contra Boris Johnson, o trabalhista Jeramy Corbyn quer instalar um governo "severamente temporário" para atrasar o Brexit, convocar eleições gerais e promover um novo referendo nacional com a opção de seguir na União Europeia

Foto: Flickr

O líder do Partido Trabalhista do Reino Unido (Labours), Jeremy Corbyn, fez hoje um chamado aos líder de partidos de oposição ao conservador Boris Johnson e a parlamentares dissidentes do próprio Partido Conservador (Torys) para a formação de um governo provisório. Ele quer frear os planos de Johnson de embarcar no Brexit sem um acordo com a União Europeia.

Johnson ganhou internamente uma eleição do Partido Conservador para definir quem sucederia Theresa May como premiê, mas ainda não foi oficializado como primeiro ministro. Ferrenho defensor do Brexit – a retirada do Reino Unido da União Europeia – ele chegou ao posto depois de May não conseguir acertar um acordo com o bloco europeu.

Com Johnson, a opção pela saída da UE sem qualquer transição ganhou força e têm assustado o país. Com a possibilidade, Corbyn se movimento enviou carta a líderes partidários propondo a instalação de um governo “severamente temporário” para atrasar o Brexit, convocar eleições gerais e promover um novo referendo com a opção de seguir na União Europeia.

Veja também:  Joice Hasselmann defende prisão de Glenn Greenwald

Na carta, ele se coloca como único capaz de comandar essa empreitada e pede o apoio dos demais partidos. Ao The Guardian, lideranças discordaram que Corbyn deva se tornar primeiro-ministro, mas não descartaram a opção de formar o governo provisório para conter o Brexit.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum