Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de agosto de 2019, 20h26

Padre nega emprego a faxineira e põe culpa em cachorro: “Não gosta de negros”

Padre estadunidense rejeitou a faxineira LaShundra Allen porque, segundo ele, o cachorro da paróquia sofreu um trauma quando era filhote; Allen não teve a oportunidade de ver o animal

O padre Jacek Kowal e o cachorro Cesar | Reprodução

Um caso de racismo vem repercutindo com força na imprensa norte-americana nos últimos dias. O padre Jacek Kowal, da paróquia da Encarnação, no Tennessee, nos Estados Unidos, recusou o trabalho da faxineira LaShundra Allen pelo fato de ela ser negra. Kowal afirmou que o problema não era com ele, mas o cachorro da igreja, que teria um “trauma” com pessoas negras.

“Lamento, não quero ser grosseiro, mas o cão não gosta de negros”, disse o religioso, segundo Emily Weaver, que indicou Allen para ocupar a função de faxineira que era responsável anteriormente.

Kowal afirmou que, quando ele era filhote, o cão pastor alemão Cesar sofreu um trauma com um rapaz que era negro e que, por conta disso, “Cesar fica agitado com estranhos de pele escura”.

Emily e LaShundra decidiram levar o caso para a Justiça. Os advogados argumentam que a faxineira não teve sequer a oportunidade de manter contato com o animal para testar a reação.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum