O que o brasileiro pensa?
14 de maio de 2020, 22h18

Para enfrentar a pandemia, prefeito da Grande Buenos Aires aumenta imposto municipal aos bancos em 50%

O kirchnerista Juan Zabaleta, prefeito de Hurlingham, fez vídeo aos banqueiros dizendo que “agora é a hora de vocês fazerem um esforço em favor das políticas sociais, alimentares e de saúde”

Juan Zabaleta (foto: Twitter)

Em meio à dupla crise que vive a Argentina, uma econômica, deixada pelo governo de Maurício Macri, e outra de saúde, pela pandemia do coronavírus, o kirchnerista Juan Zabaleta, prefeito da cidade de Hurlingham, na Grande Buenos Aires, decidiu aumentar o imposto municipal aos bancos e entidades financeiras em 50%

A medida foi anunciada em um vídeo, publicado pelo político nesta quarta-feira (13), em sua conta no Twitter, no qual ele aparece assinando o decreto e mandando um recado aos bancos com sucursais na cidade.

“As coisas têm ido muito bem para vocês, então, agora é hora de vocês fazerem um esforço em favor das políticas sociais, alimentares e de saúde”, enfatizou Zabaleta.

O prefeito também disse que a cidade estará inaugurando, em breve, um novo hospital, “que necessitará de maior receita orçamentária para começar a funcionar e enfrentar o cenário que temos agora (de pandemia)”.

Zabaleta também informou que o imposto passará a ser cobrado já a partir deste mês de maio.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum