Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de abril de 2019, 10h15

Partido de esquerda chama Bolsonaro de fascista e pede a Merkel fim de parceria da Alemanha com o Brasil

Em crítica a Bolsonaro, deputados do partido Die Linke disseram que "engajamento político hoje no Brasil pode colocar a vida em risco"

Bolsonaro e Angela Merkel (Montagem)

Atualizada às 5h55 do dia 8/04, com título e informação de que foi o partido Die Linke, de esquerda, quem chamou Bolsonaro de fascista. O partido de Merkel é a CDU.

O jornalista Jamil Chade, em seu blog no portal Uol neste sábado (6), informa que o governo de Angela Merkel está sendo cobrado por grupos de esquerda para que retire do Brasil o status de parceiro estratégico que tem com a Alemanha.

A informação foi dada ao blog por membros do partido Die Linke, de esquerda. O motivo: as posições controversas do presidente Jair Bolsonaro sobre direitos humanos.

Para os deputados do partido Die Linke, além das declarações em relação a ativistas, foi a ordem de Bolsonaro de comemorar o golpe de 1964 o ponto que exigiu uma ação. Chamando o presidente brasileiro de “fascista”, o partido alertou que o “engajamento político hoje no Brasil pode colocar a vida em risco”.

“Pedimos ao governo federal da Alemanha que mande uma mensagem clara e que cumpra suas responsabilidades em termos de direitos humanos, suspendendo, por exemplo, a parceria estratégica com o Brasil”, declararam Katja Kipping e Bernd Riexinger, ambos do partido.

Leia a reportagem na íntegra

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum