Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de abril de 2019, 10h15

Partido de esquerda chama Bolsonaro de fascista e pede a Merkel fim de parceria da Alemanha com o Brasil

Em crítica a Bolsonaro, deputados do partido Die Linke disseram que "engajamento político hoje no Brasil pode colocar a vida em risco"

Bolsonaro e Angela Merkel (Montagem)

Atualizada às 5h55 do dia 8/04, com título e informação de que foi o partido Die Linke, de esquerda, quem chamou Bolsonaro de fascista. O partido de Merkel é a CDU.

O jornalista Jamil Chade, em seu blog no portal Uol neste sábado (6), informa que o governo de Angela Merkel está sendo cobrado por grupos de esquerda para que retire do Brasil o status de parceiro estratégico que tem com a Alemanha.

A informação foi dada ao blog por membros do partido Die Linke, de esquerda. O motivo: as posições controversas do presidente Jair Bolsonaro sobre direitos humanos.

Para os deputados do partido Die Linke, além das declarações em relação a ativistas, foi a ordem de Bolsonaro de comemorar o golpe de 1964 o ponto que exigiu uma ação. Chamando o presidente brasileiro de “fascista”, o partido alertou que o “engajamento político hoje no Brasil pode colocar a vida em risco”.

“Pedimos ao governo federal da Alemanha que mande uma mensagem clara e que cumpra suas responsabilidades em termos de direitos humanos, suspendendo, por exemplo, a parceria estratégica com o Brasil”, declararam Katja Kipping e Bernd Riexinger, ambos do partido.

Leia a reportagem na íntegra

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum