Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de dezembro de 2019, 17h21

Pompeo afirma que EUA vão intervir na América Latina para controlar protestos populares

Na avaliação de Donald Trump e sua equipe, essas manifestações representam um perigo para os governos aliados

Bolsonaro e Mike Pompeo - Foto: Divulgação/Presidência da República

Mike Pompeo, secretário de Estado dos Estados Unidos, afirmou, nesta segunda-feira (2), que Washington pretende “ajudar” os governos da América Latina que eles consideram “legítimos” para evitar protestos populares, como os que estão ocorrendo em vários países da região.

A postura do governo de Donald Trump demonstra um claro posicionamento intervencionista. Com a ampliação das desigualdades e o aumento da repressão, bancada por governos autoritários, Bolívia, Chile, Colômbia e Equador vivem um momento de conflagração social com intensos protestos populares exigindo mudanças. O Brasil, de Jair Bolsonaro, pode entrar nessa lista.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Na avaliação de Trump e sua equipe, essas manifestações representam um perigo para os governos aliados. A declaração de Pompeo ocorreu durante evento na Universidade de Louisville, em Kentucky.

“Vontade democrática”

O secretário destacou, ainda, que a intervenção dos EUA se deve a uma razão: “Os protestos não refletem a vontade democrática do povo”.

Pompeo argumentou que a ação do país no que chamou de “controle de distúrbios” ocorrerá porque os EUA, de acordo com ele, são o “maior exemplo de democracia da história do mundo”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum