Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de julho de 2019, 19h58

Promotoria desiste de processo contra Kevin Spacey por abuso sexual

Promotores norte-americanos decidiram encerrar o processo contra o antigo protagonista de "House of Cards" depois que a vítima retirou uma das acusações e se recusou a prestar depoimento

Reprodução

Promotores estadunidenses decidiram, nesta quarta-feira (17), encerrar o processo em que o ator Kevin Spacey é acusado de abuso sexual. As informações são do The New York Times.

Spacey, que antes do escândalo vir à tona era protagonista da série “House of Cards”, é acusado de ter abusado sexualmente de um jovem de 18 anos em um bar em Nantucket, em 2016. A suposta vítima era funcionária do bar e, à época, não tinha idade para beber. A acusação dá conta de que Spacey alcoolizava o jovem e colocava as mãos dentro de suas calças.

A promotoria, no entanto, desistiu de levar o processo adiante devido à “indisponibilidade” da vítima, que se recusou a prestar depoimento.

Além disso, o jovem que relata o abuso retirou um outro processo civil que movia contra o ator e afirmou que o celular que tinha na época, em que supostamente trocava mensagens com Spacey, havia desaparecido.

Apesar deste processo ter sido arquivado, Spacey é alvo de outras seis denúncias e investigações que envolvem abuso sexual, todas em Londres (Reino Unido). Nenhuma delas, no entanto, viraram ainda um processo criminal.

Veja também:  Minúsculo: Governador de Minas já inicia distanciamento de Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum