Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de julho de 2018, 10h03

Quino diz não ter autorizado uso de Mafalda em campanha contra despenalização do aborto

Imagem da famosa personagem de quadrinho foi usada na Argentina sem a permissão do autor, que afirma que sempre defendeu os direitos das mulheres

A famosa Mafalda, personagem de quadrinhos criada pelo artista argentino Quino, está envolvida em uma polêmica em seu pais. Durante o processo de debate sobre a legalização da interrupção da gravidez, que acabou aprovada, circulou nas redes sociais uma suposta afirmação de Quino, que o aborto o “enojava” e que “a Mafalda está sempre a favor da vida”. O artista, hoje com 86 anos, desmentiu a frase: “Não autorizei o desenho, não reflete a minha posição e peço que seja retirado”. As informações são do site Ípsilon.

 

A postagem também foi desmentida nas contas oficiais de Mafalda no Twitter e no Facebook, acrescentando que o cartunista “sempre e explicitamente defendeu os direitos das mulheres”. Conforme publicou El País, as falsas declarações de Quino causaram estranheza entre os admiradores de Mafalda, pois a personagem sempre adotou um discurso crítico em relação às questões do Estado e da Igreja.

Por isso, o esclarecimento foi rápido: “Quando lhe contei que [a mensagem] estava circulando, ele me disse: ‘Bom, isso acontece sempre, mas vamos fazer um curto esclarecimento para que não exista confusão’”, revela o sobrinho de Quino, Diego Lavado, ao jornal espanhol. “Ele sempre foi muito feminista, foi o primeiro feminista que conheci”, prosseguiu Lavado. “No final do comunicado, me disse: ‘Vamos acrescentar que esperamos que [as defensoras da lei da despenalização do aborto] tenham sucesso nas suas reivindicações”’.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum