Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2020, 12h55

Rejeição a governo de extrema-direita na Colômbia chega a 71%

A pesquisa também mostra que a prefeita de Bogotá, Claudia López, da Aliança Verde (de centro-esquerda) é a figura da oposição com melhor índice de popularidade, com 67% de imagem positiva

Ivan Duque - Foto: Reprodução/ Facebook/Iván Duque

As recentes manifestações na Colômbia, contra as políticas econômicas neoliberais do governo de Iván Duque, não fizeram o presidente retroceder em seu projeto, mas ao menos trouxeram efeitos desastrosos em sua popularidade.

Pesquisa realizada nesta semana pelo instituto Gallup, e publicada nesta sexta-feira (28), revelou que 71% dos colombianos desaprova a gestão de Duque. A aprovação ficou em 23%. Desta forma, Duque chega ao nível mais alto de rejeição desde que assumiu a Presidência do país, em agosto de 2018.

Outra má notícia para a extrema-direita é que a vice-presidenta Marta Lucía Ramírez, que era preservada pelo próprio governo, segundo a imprensa local, para ser a substituta de Duque, mostra números que comprovam o fracasso de sua blindagem, já que, pela primeira vez, sua figura tem mais rejeição (40%) do que aprovação (37%).

A pesquisa também mostra que a prefeita de Bogotá, Claudia López, da Aliança Verde (de centro-esquerda) é a figura da oposição com melhor índice de popularidade, com 67% de imagem positiva. O senador Gustavo Petro, que disputou o segundo turno de 2018 contra Duque, tem 41% de aprovação.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum