Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2020, 15h54

Roteirista trans da Netflix é encontrada morta

Camila María Concepción, de 28 anos, tinha acabado de trabalhar na série "Gentefied"; principais suspeitas são de suicídio

Reprodução/Instagram

Vista como uma jovem promessa do audiovisual, a roteirista e ativista da causa trans Camila María Concepción, de 28 anos, foi encontrada morta na última sexta-feira (21). A informação foi confirmada somente nesta quinta-feira (27) e as principais suspeitas são de suicídio.

Norte-americana de origem latina, Concepción faleceu logo após o lançamento da série “Gentefied”, da Netflix, em que atuou como roteirista assistente. A trama conta a história de três primos mexicanos que tentam viver nos Estados Unidos.

Além de “Gentefied”, a jovem trabalhou no roteiro da série Daybreak, também da Netflix.

Em nota oficial, a Netflix lamentou o ocorrido e descreveu a roteirista como “uma talentosa escritora com paixão por contar histórias, levantando vozes pouco ouvidas e lutando por representação diante e atrás das câmeras”.

“Estamos profundamente tristes com a trágica morte de Camila. Ela fez ousadas e críticas contribuições para nossa indústria, seu legado irá viver através de seu trabalho”, pontuou a plataforma de streaming.

Linda Yvette Chávez, co-criadora de Gentefied, usou sua conta no Instagram para prestar condolências. “Camila, mi amor, eu não consigo escrever essas palavras sem começar a chorar. Eu não posso acreditar que estou escrevendo isso, porque você deveria estar aqui, Camila”, lamentou.

Assista, abaixo, ao trailer de Gentefied, o último trabalho de Camila.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum