Rússia confirma 7 casos de uma nova gripe aviária que nunca havia infectado humanos

Autoridades de saúde locais afirmam que os sintomas são leves e que os casos, que são de trabalhadores de uma granja, estão sob controle

O governo da Rússia informou, neste sábado (20), que foram detectados no país sete casos confirmados de pessoas com a gripe aviária H5N8. Este tipo de doença nunca havia sido registrada em humanos anteriormente.

Segundo as autoridades de saúde locais, os 7 casos confirmados são de trabalhadores de granjas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) já foi informada sobre as infecções.

Anna Popova, chefe da agência reguladora sobre direitos do consumidor na Rússia, procurou tranquilizar a população em entrevista à imprensa, afirmando que os sintomas da doença são leves e que os infectados se recuperam bem.

Ela disse ainda que o contágio estaria sob controle, já que o vírus não seria transmissível de um humano para outro, apenas de aves para humanos.

A chefe da agência, porém, fez um alerta: “o tempo dirá com que rapidez as mutações subsequentes levarão ao vírus a superar essa barreira”.

Essa gripe aviária detectada na Rússia é causada por um vírus com uma cepa diferente daquele que causou surtos em diferentes países e foi batizada de H5N1.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR