O que o brasileiro pensa?
25 de junho de 2019, 14h04

Rússia, Israel e Estados Unidos anunciam acordo sobre as questões relativas à Síria

Altos representantes dos três países se reuniram em Jerusalém para discutir a situação do país árabe. O encontro também abordou outras temáticas que produzem tensão no Oriente Médio, como a crise entre Estados Unidos e Irã, iniciada após o ataque a um drone, na semana passada.

Benjamin Netanyahu e os junto com os representantes para assuntos geopolíticos de Israel, Estados Unidos e Rússia (Foto: reprodução Youtube)

Os responsáveis pela Segurança Nacional de Israel, Meir Ben-Shabbat, da Rússia, Nikolay Patrushev, e dos Estados Unidos, John Bolton, realizaram um encontro em Jerusalém, nesta terça-feira (25), para debater sobre acordos em questões relacionadas com a situação da Síria.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Patrushev disse que seu país concorda com o governo israelense a respeito da necessidade de que, pelo bem da região, a Síria seja um país seguro e de paz, porém, também afirmou que essa situação só pode ser alcançada através da consolidação da soberania e da integridade territorial do país árabe.

Por sua parte, o Assessor Especial da Casa Branca para assuntos de Segurança, John Bolton, mostrou uma disposição para chegar a um acordo sobre a Síria que, segundo analistas, deixa claro que a prioridade dos Estados Unidos agora é a questão do Irã.

Tanto que até mesmo as declarações de Bolton à imprensa praticamente ignoraram o tema principal da reunião e se enfocaram no inimigo da vez.

“O presidente Trump abriu as portas para negociações reais, para eliminar completa e verificadamente o programa de armas nucleares do Irã, tudo o que o Irã precisa fazer é atravessar essa porta aberta, e esperamos que prefira isso”, afirmou o assessor, embora seus ditos se contradigam com o fato de que a crise com o país dos aiatolás começou com a decisão de Trump de se retirar do acordo nuclear entre os Estados Unidos, a União Europeia e o Irã, estabelecido em 2016.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum