Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de janeiro de 2020, 17h33

Santos FC e agência da ONU firmam parceria para inclusão de refugiados em iniciativas esportivas

O termo de cooperação prevê o acesso de crianças refugiadas às escolas de futebol oficial do clube e a promoção do tema do refúgio em campanhas conjuntas de comunicação

Foto: Divulgação/Santos FC

O Santos Futebol Clube e a Agência da ONU para Refugiados (Acnur) anunciaram nesta quinta-feira (23) uma parceria, que prevê o apoio da Acnur para a capacitação dos profissionais do clube e a indicação de pessoas refugiadas para atividades de inclusão social.

Entre as atividades, o termo de cooperação prevê o acesso de crianças refugiadas às escolas de futebol oficial do Santos em todo o Brasil (são 60 unidades franquiadas em 13 unidades da federação), assim como a promoção do tema do refúgio em campanhas conjuntas de comunicação.

“É preciso olhar com serenidade e sensibilidade para as histórias de vida de pessoas refugiadas. Queremos aproveitar nossa condição de ‘Maior Brasileiro do Mundo’ para, em parceria com a Acnur, abrir as portas de nosso país para essas pessoas, para que se sintam acolhidas e respeitadas”, declarou José Carlos Peres, presidente do clube.

“A Acnur enxerga o esporte como uma ferramenta fundamental de desenvolvimento pessoal e integração social, reforçado pela convivência e espírito de coletividade entre seus participantes”, disse Jose Egas, representante da agência no Brasil.

Em campo

Para dar início à parceria, 11 crianças refugiadas de diferentes nacionalidades entrarão em campo com os jogadores na partida contra o Red Bull Bragantino, nesta quinta (23), a partir das 19h15, na Vila Belmiro, na estreia do time santista no Campeonato Paulista 2020.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum