Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de novembro de 2019, 08h00

Secretário-geral da ONU demonstra preocupação com golpe na Bolívia e pede fim da violência

António Guterres diz estar "profundamente preocupado" com a renúncia de Evo Morales e cobra respeito aos direitos humanos

Reprodução/ONU

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmou neste domingo (11) que está “profundamente preocupado com a situação na Bolívia”, especialmente com a renúncia de Evo Morales, e pediu fim da violência no país. Pronunciamento foi feito a partir de seu porta-voz, Stephane Dujarric.

Em nota, Guterres pede a todos os envolvidos na crise do país que se abstenham da violência, para que seja possível “reduzir a tensão e exercer o máximo de contenção”. Ainda, ele pede que todos cumpram com o direito internacional, especialmente os princípios fundamentais dos direitos humanos.

Por fim, o secretário-geral clama para que o país se comprometa a “chegar a uma solução pacífica para a crise atual e garantir eleições transparentes e credíveis”.

O golpe na Bolívia foi consumado neste domingo (10), com a renúncia do presidente Evo Morales após pressão das Forças Armadas e da Defensoria Pública boliviana. Pouco antes de Morales oficializar sua saída do posto, uma série de lideranças do MAS, partido do presidente, também apresentaram renúncia.

Movimentos sociais que defendem o governo do ex-líder sindical boliviano estabeleceram um prazo de 48 horas para que o líder das extrema-direita Luis Fernando Camacho e demais golpistas se retirem de La Paz, capital do país.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum