Fórumcast, o podcast da Fórum
11 de setembro de 2019, 09h24

Sob ataque de conservadores, Papa fala em cisão entre católicos: “Dizem que sou um pouco comunista”

"Existem tantas escolas de rigidez dentro da Igreja que não são cismas. São vias cristãs pseudocismáticas, que terminarão mal", disse o papa sobre movimentos ultraconservadores da Igreja Católica

Papa recebe camiseta Lula livre (Arquivo)

Em entrevista coletiva nesta terça-feira (10) durante a viagem de volta ao Vaticano após visitar Moçambique, Madagáscar e Ilhas Maurício, o Papa Francisco falou abertamente dos ataques que vem sofrendo de grupos conservadores, especialmente da congregação dos Estados Unidos, e de uma possível ruptura na Igreja Católica.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

“Eu não tenho medo dos cismas. Rezo para que eles não aconteçam, porque o que está em jogo é a saúde espiritual de muitas pessoas”, disse o papa, ressaltando que seus pensamentos sociais são os mesmos que os de João Paulo II. “Mas me dizem que sou um pouco comunista”.

Segundo Francisco, a possibilidade de um cisma “se dá quando a ideologia adentra a doutrina”. “Existem tantas escolas de rigidez dentro da Igreja que não são cismas. São vias cristãs pseudocismáticas, que terminarão mal”, afirmou.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum