O que o brasileiro pensa?
04 de julho de 2020, 12h23

TromPetista toca Internacional Comunista em frente à embaixada dos EUA: “‘Feliz’ 4 de Julho, mestre da guerra”; assista

Poema escrito em 1871 por Eugène Pottier, membro da Comuna de Paris, foi musicado em 1888 pelo operário Pierre Degeyter, e se tornou o hino da União Soviética entre 1922 e 1944

Fabiano Leitão, o TromPetista, toca a Internacional Comunista em frente à Embaixada dos EUA - Reprodução

Protagonista de canções que remetem ao ex-presidente Lula em transmissões ao vivo de emissoras de TV, como a Globo, Fabiano Leitão, que se autointitula TromPETISTA prestou homenagem aos Estados Unidos neste sábado, 4 de julho, considerado o Dia da Independência do país norte americano.

“Feliz” 4 de Julho mestre da guerra. #ainternacional. Bem unidos façamos, nesta luta final, uma terra sem amos a Internacional”, escreveu junto ao vídeo, com verso da música.

A letra original da canção foi escrita em francês em 1871 por Eugène Pottier, que havia sido um dos membros da Comuna de Paris. Em 1888, os versos foram musicados por Pierre Degeyter, operário anarquista de origem belga fixado com a sua família na cidade francesa de Lille.

A Internacional ganhou particular notoriedade entre 1922 e 1944, quando se tornou o hino da União Soviética. Desde então, foi traduzida em inúmeros idiomas. A canção é tradicionalmente cantada com o punho fechado ao ar.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum