Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
19 de fevereiro de 2020, 13h38

TSE boliviano desmente impugnação da candidatura de Evo Morales

Notícia foi difundida pela manhã na imprensa local. Ex-presidente é perseguido judicialmente pela ditadura de Jeanine Áñez, e se encontra em asilo político na Argentina.

Foto: Reprodução/Twitter

Em declaração à imprensa realizada na tarde desta quarta-feira (19), Salvador Romero, presidente do TSE (Tribunal Supremo Eleitoral) da Bolívia, desmentiu a informação de que já havia tomado uma decisão sobre impugnar ou não as 13 candidaturas que o próprio organismo considerou “sob suspeita”, entre elas a do ex-presidente Evo Morales, que se registrou como candidato ao Senado para as eleições do dia 3 de maio.

Segundo Romero, “o Tribunal ainda não tomou nenhuma decisão, e as candidaturas que já anunciamos (como suspeitas) estão sob processo de análise e revisão”.

Pela manhã, o diário local Página Siete chegou a noticiar que o Tribunal já havia decidido impugnar a candidatura de Evo Morales e todas as outras 13, entre as quais 11 são do MAS (Movimento Ao Socialismo, partido de Evo).

A denúncia com relação ao ex-presidente foi apresentada por partidos de direita, que alegam que ele não pode participar da eleição morando em Buenos Aires. Evo Morales está em asilo político na Argentina, devido à perseguição judicial que sofre por parte da ditadura de Jeanine Áñez, e que o obrigou a fugir do país após o golpe militar que sofreu, em novembro de 2019.

Ainda durante a coletiva, o presidente do TSE boliviano, Salvador Romero, pediu tempo para tomar uma decisão sobre as candidaturas analisadas, e não assegurou que esta seria anunciada nesta semana.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum