Venezuela pede à OMS para certificar descoberta de “cura do coronavírus” feita pelo país

Governo apresentou os estudos realizados com a molécula DR-10, que asseguram que pode curar casos de covid-19. Maduro propôs plano para produção em massa do medicamento

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, revelou nesta quinta-feira (3) que o governo do seu país iniciou protocolos para que a OMS (Organização Mundial da Saúde) certifique a molécula DR-10, desenvolvida por cientistas venezuelanos, como um produto “com propriedades curativas contra a infecção covid-19”.

O presidente do país sul-americano fez a declaração durante uma intervenção na Sessão Especial da Assembleia Geral da ONU, que tratou especificamente da questão da pandemia.

Maduro afirma que, segundo os estudos realizados pelo IVIC (Instituto Venezuela de Investigações Científicas), a molécula DR-10 é capaz de neutralizar o coronavírus SARS-CoV-2, causador da covid-19.

“As investigações que foram feitas mostram que, após 6 meses de desenvolvimento, conseguimos encontrar uma molécula que produz a aniquilação total do vírus da covid-19”, disse o presidente bolivariano.

Em outro momento da sua declaração, Maduro se mostrou confiante em que a descoberta venezuelana será aprovada pela OMS, tanto que já aproveitou de propor um plano para produção em massa do medicamento.

“A solidariedade e a unidade dos povos é a arma mais poderosa contra o coronavírus, portanto, é responsabilidade nossa para com as próximas gerações tomar as decisões corretas, para não perder esta oportunidade de alcançar um mundo melhor”, enfatizou o presidente venezeulano.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR