O que o brasileiro pensa?
23 de janeiro de 2020, 16h30

Venezuela questiona Guaidó pelos milhões recebidos dos EUA

Juan Guaidó completou um ano de "autoproclamação" nesta quinta-feira. Hoje, o deputado não possui nem mesmo o comando do Parlamento venezuelano

Reprodução/Twitter

O ministro da Comunicação da Venezuela, Jorge Rodríguez, desafiou o deputado Juan Guaidó, que ainda se autoproclama presidente do país, a apresentar onde estão os 435 milhões de dólares que a Agência de Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (USAID) lhe entregou para “ajuda humanitária”. Nesta quinta-feira (23) a “presidência” de Guaidó completou um ano.

“De um total de quase 467 milhões de assistência humanitária, assim como 184 milhões para os venezuelanos dentro da Venezuela, quer dizer, de um total de 654 milhões, USAID disponibilizou mais de 435 milhões. Onde estão, Juan Guaidó? Onde estão esses 435 milhões? Vamos supor que não te entregaram esses 467 milhões que a USAID pensava entregar, onde estão os supostos 184 milhões?”, questionou Rodríguez.

Rodríguez comentava sobre as respostas do governo Maduro diante de um ano de “autoproclamação” do hoje ex-presidente da Assembleia Nacional. “Comemoramos um ano do que foi a mais brutal arremetida de um  império contra nossa pátria Venezuela nos últimos 150 anos, em uma operação de cambio de regime a operação Trump escolheu um deputado que foi eleito com pouco menos de 90 mil votos”, pontuou.

Nesta data, movimentos sociais e organizações próximas do PSUV realizaram uma grande marcha na capital Caracas contra o imperialismo e o intervencionismo em crítica à insistência de Guaidó e seus aliados de se enxergarem como se estivessem no poder.

O “autoproclamado” não está em solo venezuelano para “comemorar” a data porque partiu em uma tour para tentar manter seu status de “presidente encarregado” mesmo após a derrota na disputa pela presidência do Parlamento. Nesta quinta ele fez uma apresentação no Fórum Econômico Mundial de Davos.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum