Imprensa livre e independente
28 de maio de 2018, 14h54

Governador da BA, Rui Costa lidera pesquisa e seria reeleito no primeiro turno

Petista vive lua-de-mel com baianos; aprovação atinge 66% da populaçao

Foto: Divulgação.
O governador da Bahia, Rui Costa (PT) lidera a corrida eleitoral com ampla margem para o segundo colocado. Se as eleições fossem hoje, ele seria reeleito no primeiro turno. Costa venceria as eleições com 47,9& dos votos, enquanto o segundo colocado, José Ronaldo (DEM) conquistaria apenas 6.5% dos votos. Na terceira posição, Lídice da Mata (PSB) alcança 4.9% dos votos. A pesquisa da P&A / Bahia Notícias testou o segundo turno entre Costa e José Ronaldo. O petista venceria com 50.8% dos votos, enquanto o candidato do DEM chegaria a apenas 7,1%. O instituto ouviu 1.120 eleitores entre os dias...

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) lidera a corrida eleitoral com ampla margem para o segundo colocado. Se as eleições fossem hoje, ele seria reeleito no primeiro turno. Costa venceria as eleições com 47,9& dos votos, enquanto o segundo colocado, José Ronaldo (DEM) conquistaria apenas 6.5% dos votos. Na terceira posição, Lídice da Mata (PSB) alcança 4.9% dos votos.

A pesquisa da P&A / Bahia Notícias testou o segundo turno entre Costa e José Ronaldo. O petista venceria com 50.8% dos votos, enquanto o candidato do DEM chegaria a apenas 7,1%. O instituto ouviu 1.120 eleitores entre os dias 24 e 30 de abril.

O governador vive em lua-de-mel com a população baiana. A administração petista é considerada ótima ou boa por 66,4% dos entrevistados, 17,4% consideram regular e apenas 16,3% considera ruim ou péssima.

Veja também:  Washington Post sobre Bolsonaro: "Este governo tolerará denúncias prejudiciais de um jornalista gay estrangeiro?”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum