Imprensa livre e independente
21 de junho de 2019, 13h08

Governo Bolsonaro fala em guerra nas ruas se Lula for solto

A nova chantagem para manter Lula na solitária da PF em Curitiba acaba de aparecer em uma nota curta na coluna Radar da Revista Veja

Lula. Foto: Ricardo Stuckert
A nova chantagem para manter Lula na solitária da PF em Curitiba acaba de aparecer em uma nota curta na coluna Radar da Revista Veja. Diz a nota: “A área de segurança do governo está preocupada com a escalada de tensão entre lulistas e defensores da Lava-Jato nas últimas semanas. O receio é que a guerrilha das redes sociais ganhe as ruas, caso o STF liberte Lula na terça.” Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Ou seja, a manutenção de Lula preso, mesmo que de forma injusta e a...

A nova chantagem para manter Lula na solitária da PF em Curitiba acaba de aparecer em uma nota curta na coluna Radar da Revista Veja.

Diz a nota: “A área de segurança do governo está preocupada com a escalada de tensão entre lulistas e defensores da Lava-Jato nas últimas semanas. O receio é que a guerrilha das redes sociais ganhe as ruas, caso o STF liberte Lula na terça.”

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Ou seja, a manutenção de Lula preso, mesmo que de forma injusta e a partir de um conluio entre o Ministério Público e o juiz da ação não se trata mais de uma questão de justiça. Mas de uma forma de impedir que Bolsonaro estimule suas milícias para transformar o país num caos.

É esta a mensagem implícita na nota veiculada pela Veja.

Veja também:  A morte virou política de Estado

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum