Imprensa livre e independente
03 de fevereiro de 2015, 11h29

Graça Foster será substituída na chefia da Petrobras, diz jornal

Segundo Folha de S. Paulo, Palácio do Planalto já teria informado a executiva sobre a decisão.

Segundo Folha de S. Paulo, Palácio do Planalto já teria informado a executiva sobre a decisão Por Redação Graça Foster será substituída na chefia da Petrobras. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, publicadas na manhã desta terça-feira (3), o Palácio do Planalto, embora ainda não tenha divulgado oficialmente a demissão, já teria informado a executiva sobre a decisão. Segundo a Folha, a presidenta Dilma Rousseff (PT) tentou ao máximo segurar Foster, sua amiga de confiança. A petista teria ficado insatisfeita com a divulgação, na semana passada, do cálculo indicando a necessidade de dar baixa de R$ 88,6...

Segundo Folha de S. Paulo, Palácio do Planalto já teria informado a executiva sobre a decisão

Por Redação

Graça Foster será substituída na chefia da Petrobras. De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, publicadas na manhã desta terça-feira (3), o Palácio do Planalto, embora ainda não tenha divulgado oficialmente a demissão, já teria informado a executiva sobre a decisão.

Segundo a Folha, a presidenta Dilma Rousseff (PT) tentou ao máximo segurar Foster, sua amiga de confiança. A petista teria ficado insatisfeita com a divulgação, na semana passada, do cálculo indicando a necessidade de dar baixa de R$ 88,6 bilhões em ativos da estatal. Na avaliação do Planalto, o número foi calculado de forma “amadora” e colocou na mesma posição ativos bons e outros que tinham relação com desvios investigados na Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Ainda conforme a reportagem, Dilma teria deflagrado, no fim da última semana, o processo de seleção do novo presidente da estatal. O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, esteve pessoalmente em São Paulo, na segunda-feira (2), sondando nomes para o posto.

Veja também:  "Sumamente preocupantes", diz relator da ONU sobre conversas de Moro e Dallagnol na Vaza Jato

(Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum