Imprensa livre e independente
13 de junho de 2019, 13h47

Greenwald compara reação de Moro e Dallagnol à dos Estados Unidos no Caso Snowden

“No início da reportagem de Snowden, o governo dos Estados Unidos não sabia que tínhamos provas, e começaram a mentir, mas nós provamos com documentos que suas defesas eram falsas. Moro e Deltan não podem mentir também porque temos as evidências e os fatos”, tuitou Glenn

Glenn Greenwald (Arquivo)
A revelação do escândalo Vaza Jato pelo portal The Intercept criou uma nova dinâmica no cotidiano do principal responsável pelas reportagens, o jornalista Glenn Greenwald: a de ter que responder os diferentes ataques de bolsonaristas, e também dos citados pelas reportagens, que o acusam de mentir e de cometer crime de invasão de privacidade e hackeamento ilegal. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Depois de responder os filhos de Bolsonaro e a Rede Globo de Televisão, nesta quinta-feira, ele mandou um recado para os dois principais citados nas reportagens...

A revelação do escândalo Vaza Jato pelo portal The Intercept criou uma nova dinâmica no cotidiano do principal responsável pelas reportagens, o jornalista Glenn Greenwald: a de ter que responder os diferentes ataques de bolsonaristas, e também dos citados pelas reportagens, que o acusam de mentir e de cometer crime de invasão de privacidade e hackeamento ilegal.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Depois de responder os filhos de Bolsonaro e a Rede Globo de Televisão, nesta quinta-feira, ele mandou um recado para os dois principais citados nas reportagens publicadas até agora: o procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro.

“No início da reportagem de Snowden, o governo dos Estados Unidos não sabia que tínhamos provas, então começaram a mentir e, toda vez que o fizeram, publicamos documentos provando que suas defesas eram falsas. Moro e Deltan não podem mentir ou usar desculpas porque temos as evidências e os fatos”, foi a mensagem publicada pelo estadunidense.

Na mesma noite desta quinta, o portal The Intercept Brasil publicou toda a série de diálogos entre Dallagnol e Moro, mostrando que o tweet do jornalista não é uma bravata.

Veja também:  Moro interferiu no grampo ilegal da cela de Alberto Youssef

Vale lembrar também que, segundo Leandro Demori, editor do The Intercept Brasil, o conteúdo revelado pelas reportagens já publicadas correspondem a pouco mais de 1% de todo o material reunido pelo portal, que será revelado nas próximas matérias da série, a serem veiculadas em breve.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum