Imprensa livre e independente
06 de abril de 2019, 19h09

Haddad em ato Lula livre: “Moro veste a camisa do Bolsonaro e Justiça não pode ter torcida”

“Moro transformou o julgamento de Lula em uma questão pessoal, e não de direito", disse Haddad ao participar de ato pela liberdade de Lula em Florianópolis

Haddad em ato pela liberdade de Lula em Florianópolos (Foto: Ricardo Stuckert)
“Moro veste a camisa do Bolsonaro, e Justiça não pode ter torcida”, afirmou Fernando Haddad neste sábado (6) ao participar de ato pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Florianópolis (SC). As informação são da Rede Brasil Atual. A Caravana Lula Livre pelo Sul, que saiu nesta sexta-feira (5) de Porto Alegre, levou milhares de pessoas para um grande ato realizado no centro da capital catarinense. Haddad comparou o então juiz Sergio Moro, hoje ministro, a um árbitro de futebol, que tomou partido na sua função de magistrado. E denunciou que Moro condenou Lula injustamente, e que,...

“Moro veste a camisa do Bolsonaro, e Justiça não pode ter torcida”, afirmou Fernando Haddad neste sábado (6) ao participar de ato pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Florianópolis (SC). As informação são da Rede Brasil Atual.

A Caravana Lula Livre pelo Sul, que saiu nesta sexta-feira (5) de Porto Alegre, levou milhares de pessoas para um grande ato realizado no centro da capital catarinense.

Haddad comparou o então juiz Sergio Moro, hoje ministro, a um árbitro de futebol, que tomou partido na sua função de magistrado. E denunciou que Moro condenou Lula injustamente, e que, inclusive, não era de sua competência julgar o processo contra o ex-presidente, uma vez que o objeto não tinha nada a ver com a Petrobras.

“Moro transformou o julgamento de Lula em uma questão pessoal, e não de direito. Um juiz não pode tomar partido, não pode ter filiação partidária. Vocês aceitariam ir para um campo de futebol e ver o juiz torcer por um dos times?”, indagou. E foi além: “Moro veste a camisa do Bolsonaro, e Justiça não pode ter torcida”, argumentou o ex-ministro da Educação.

Veja também:  Moro vai passar a semana de licença nos EUA, longe dos escândalos da Vaza-Jato

Leia a reportagem na íntegra

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum