Imprensa livre e independente
14 de setembro de 2018, 10h31

Haddad passa Alckmin em nova pesquisa XP/Ipespe

No Nordeste, o ex-prefeito de São Paulo saiu de 5% no fim de agosto para 19%, em condição de empate técnico com Ciro Gomes, que tem 21% das intenções de voto

Haddad. Foto: Ricardo Stuckert
Segundo o levantamento da pesquisa XP Investimentos/Ipespe, Fernando Haddad (PT) chegou a 10% das intenções de voto no cenário estimulado de primeiro turno. Com esse desempenho, Haddad aparece tecnicamente empatado em segundo lugar com outros três candidatos na corrida presidencial: Ciro Gomes (PDT), com 12%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%; e a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 8%. Haddad teve oscilação positiva de 2 pontos percentuais em relação à pesquisa da semana anterior e um salto de 4 pontos comparando com levantamento de duas semanas atrás. Na região Nordeste, o ex-prefeito de São Paulo saiu de 5% no fim de...

Segundo o levantamento da pesquisa XP Investimentos/Ipespe, Fernando Haddad (PT) chegou a 10% das intenções de voto no cenário estimulado de primeiro turno. Com esse desempenho, Haddad aparece tecnicamente empatado em segundo lugar com outros três candidatos na corrida presidencial: Ciro Gomes (PDT), com 12%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%; e a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 8%.

Haddad teve oscilação positiva de 2 pontos percentuais em relação à pesquisa da semana anterior e um salto de 4 pontos comparando com levantamento de duas semanas atrás. Na região Nordeste, o ex-prefeito de São Paulo saiu de 5% no fim de agosto para 19%, em condição de empate técnico com Ciro Gomes, líder na região com 21% das intenções de voto.

Haddad cresceu para 15% entre os eleitores com Ensino Médio ou Ensino Fundamental. Há duas semanas, o apoio deste grupo ao candidato era de apenas 4%. Já na faixa com renda de até dois salários mínimos, o ex-prefeito paulistano foi de 4% há duas semanas para 10%.

Veja também:  Kim Kataguiri, do MBL, sai em defesa de Danilo Gentili por "patrulha politicamente incorreta da direita"

Jair Bolsonaro (PSL), por sua vez, saltou de 23% para 26% das intenções de voto no intervalo de uma semana. A subida do candidato se deu após o atentado à faca que sofreu em Juiz de Fora, no dia 9 de setembro.

Leia a pesquisa completa no Infomoney

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum