Imprensa livre e independente
24 de junho de 2019, 10h50

HC de Lula sobre suspeição de Moro deve ser adiado após Cármen Lúcia, do STF, colocá-lo no final da fila

Prevista para esta terça-feira (25), a análise do HC em que a defesa pede a anulação do julgamento alegando parcialidade de Moro foi colocado pela ministra Cármen Lúcia em último lugar na pauta que contém outros 11 processos

Foto: Rosinei Coutinho/STF
Segundo a colunista Mônica Bergamo, a votação do habeas corpus do presidente Lula com base na suspeição do ex-juiz federal Sérgio Moro deve ser adiada no STF para o segundo semestre. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo Previsto para esta terça-feira (25), a análise do HC em que a defesa pede a anulação do julgamento alegando parcialidade de Moro foi colocado pela ministra Cármen Lúcia em último lugar na pauta que contém outros 11 processos e deve ser adiado. O ministro Gilmar Mendes, um dos que ainda precisam votar,...

Segundo a colunista Mônica Bergamo, a votação do habeas corpus do presidente Lula com base na suspeição do ex-juiz federal Sérgio Moro deve ser adiada no STF para o segundo semestre.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Previsto para esta terça-feira (25), a análise do HC em que a defesa pede a anulação do julgamento alegando parcialidade de Moro foi colocado pela ministra Cármen Lúcia em último lugar na pauta que contém outros 11 processos e deve ser adiado.

O ministro Gilmar Mendes, um dos que ainda precisam votar, considerou que não será possível terminar a votação na terça, último dia antes do recesso do Judiciário, e indicou o adiamento. Apenas o voto de Gilmar tem 40 páginas.

Além dele, restam as considerações de Marco Aurélio Mello e Celso de Mello. Até o momento, votaram Cármen Lúcia e Edson Fachin, ambos contra Lula.

Veja também:  Endividado, patrocinador de filme da Lava Jato entra em recuperação judicial

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum