Imprensa livre e independente
07 de dezembro de 2018, 16h57

Henrique Meirelles aceita convite de Doria para ser secretário da Fazenda em SP

Anúncio oficial deverá ser feito até a próxima segunda-feira (10)

Foto: Marcos Correa/PR
O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), chamou o Meirelles para ser seu secretário da Fazenda e o ex-ministro aceitou. As informações são da coluna Direto da Fonte, de Sonia Racy. De acordo com interlocutores, o ex-ministro da Fazenda de Temer era o “nome dos sonhos” de Doria para assumir o posto no governo de São Paulo. O anúncio oficial, se não houver nenhum imprevisto, deve ser feito até a próxima segunda-feira (10). Meirelles foi candidato à presidência em outubro mas acabou derrotado ainda no primeiro turno, amargando na sétima posição com 1,20% dos votos válidos. Doria, por...

O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), chamou o Meirelles para ser seu secretário da Fazenda e o ex-ministro aceitou. As informações são da coluna Direto da Fonte, de Sonia Racy.

De acordo com interlocutores, o ex-ministro da Fazenda de Temer era o “nome dos sonhos” de Doria para assumir o posto no governo de São Paulo.

O anúncio oficial, se não houver nenhum imprevisto, deve ser feito até a próxima segunda-feira (10).

Meirelles foi candidato à presidência em outubro mas acabou derrotado ainda no primeiro turno, amargando na sétima posição com 1,20% dos votos válidos. Doria, por sua vez, se elegeu governador de São Paulo em um segundo turno contra Marcio França (PSB) com um discurso bolsonarista.

O tucano, inclusive, informou que sua cerimônia de posse será “enxuta” para que possa viajar à Brasília para acompanhar a posse de Jair Bolsonaro.

Veja também:  Coordenador da Lava-Jato na PGR deixa posto em protesto contra "lentidão" de Raquel Dodge

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum