Imprensa livre e independente
24 de agosto de 2016, 10h28

Hillary passa Trump e está 12 pontos à frente, aponta pesquisa da Reuters

Vantagem da democrata na disputa pela Casa Branca contra Donald Trump cresceu nos últimos dias, mas 22% da população afirmam que não escolheriam nenhum dos dois candidatos.

Vantagem da democrata na disputa pela Casa Branca contra Donald Trump cresceu nos últimos dias, mas 22% da população afirmam que não escolheriam nenhum dos dois candidatos Por Redação A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton já contava com vantagem de 3 a 9 pontos contra o republicano Donald Trump, mas aumentou a distância para 12 pontos, como mostra pesquisa da Agência Internacional Reuters. O levantamento aponta que 45% dos eleitores estadunidenses apoiam a democrata, enquanto 33% votariam em Trump se as eleições acontecessem no período analisado, de 18 a 22 de agosto. A votação está marcada para 8 de novembro e cerca...

Vantagem da democrata na disputa pela Casa Branca contra Donald Trump cresceu nos últimos dias, mas 22% da população afirmam que não escolheriam nenhum dos dois candidatos

Por Redação

A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton já contava com vantagem de 3 a 9 pontos contra o republicano Donald Trump, mas aumentou a distância para 12 pontos, como mostra pesquisa da Agência Internacional Reuters.

O levantamento aponta que 45% dos eleitores estadunidenses apoiam a democrata, enquanto 33% votariam em Trump se as eleições acontecessem no período analisado, de 18 a 22 de agosto. A votação está marcada para 8 de novembro e cerca de 22% da população não têm preferência por nenhum dos dois.

O relatório da agência analisa que a porcentagem de pessoas sem opinião formada é elevada, quando comparada à eleição presidencial entre Barack Obama e Mitt Romney, em 2012.

A pesquisa, divulgada nesta terça-feira (23), foi produzida em todos os 50 estados do país pela internet. Participaram 1.115 pessoas e a margem de erro é de três pontos percentuais.

Foto: Reprodução

Veja também:  Joice Hasselmann toma invertida de Glenn: "Ninguém pode saber se a deputada escreveu as mensagens ou copiou-as"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum