Imprensa livre e independente
26 de julho de 2017, 14h10

Homem agride ex-funcionária e rouba dinheiro de rescisão. Assista vídeo

O dono de um restaurante em Curitiba fez “acerto” com ex-funcionária. Quando entraram no elevador, agrediu a mulher e roubou o dinheiro da indenização   Por Redação   Numa amostra de como ocorrem as relações trabalhistas no Brasil, o dono e um restaurante no Bairro da Água Verde, em Curitiba (PR), foi denunciado por agredir e roubar uma ex-funcionária no mês de julho, mas a ocorrência só foi revelada agora. Segundo a denúncia, os dois fizeram um acordo demissional, pelo qual o dono do restaurante pagou R$ 3 mil à ex-funcionária. Mas quando entraram juntos no elevador, a mulher foi xingada, agredida e teve...

O dono de um restaurante em Curitiba fez “acerto” com ex-funcionária. Quando entraram no elevador, agrediu a mulher e roubou o dinheiro da indenização

 

Por Redação

 

Numa amostra de como ocorrem as relações trabalhistas no Brasil, o dono e um restaurante no Bairro da Água Verde, em Curitiba (PR), foi denunciado por agredir e roubar uma ex-funcionária no mês de julho, mas a ocorrência só foi revelada agora.

Segundo a denúncia, os dois fizeram um acordo demissional, pelo qual o dono do restaurante pagou R$ 3 mil à ex-funcionária. Mas quando entraram juntos no elevador, a mulher foi xingada, agredida e teve a bolsa em que estava o dinheiro roubada.

 

A vítima prestou queixa no 1º Distrito Policial de Curitiba e, de acordo com o advogado do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Hoteleiro, Meios de Hospedagem e Gastronomia, ela foi ameaçada pelo ex-patrão, que se tomasse qualquer medida “algo de pior” poderia acontecer com ela.

Assista vídeo abaixo

Veja também:  Em reunião com Dallagnol e mais sete procuradores, Raquel Dodge garante apoio à Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum