Imprensa livre e independente
26 de maio de 2017, 18h36

Homem é preso após ser flagrado agredindo idosa de 84 anos

Roberto Elísio Coutinho de Freitas aparece em vídeo dando tapas e ameaçando a própria mãe com uma barra de ferro Por Redação O bacharel em Direito Roberto Elísio Coutinho de Freitas foi preso na manhã desta sexta-feira (26) após ser flagrado agredindo a mãe, Joseth Coutinho Martins de Freitas, de 84 anos. Ele foi capturado na Raposa, região metropolitana de São Luiz (MA). A juíza responsável pelo caso, Oriana Gomes, decretou a prisão preventiva do acusado. O vídeo com as agressões, que circula pelas redes sociais, foi gravado pela companheira de Roberto. Ele alegou à polícia que sofria de esquizofrenia,...

Roberto Elísio Coutinho de Freitas aparece em vídeo dando tapas e ameaçando a própria mãe com uma barra de ferro

Por Redação

O bacharel em Direito Roberto Elísio Coutinho de Freitas foi preso na manhã desta sexta-feira (26) após ser flagrado agredindo a mãe, Joseth Coutinho Martins de Freitas, de 84 anos. Ele foi capturado na Raposa, região metropolitana de São Luiz (MA).

A juíza responsável pelo caso, Oriana Gomes, decretou a prisão preventiva do acusado. O vídeo com as agressões, que circula pelas redes sociais, foi gravado pela companheira de Roberto. Ele alegou à polícia que sofria de esquizofrenia, mas não soube dar detalhes sobre o médico e em que situação teria sido feito o diagnóstico.

As imagens mostram o filho dando tapas na aposentada. “Cala a boca! Se tu abrir a boca de novo eu vou dar na tua cara e dou na tua cabeça pra tu desmaiar”, disse. “Nem pra tu morrer logo, né?”, afirmou, ameaçando Joseth com um espremedor de alho e uma barra de ferro.

Veja também:  Bolsonaro ataca Flávio Dino e João Azevêdo, governadores do Maranhão e da Paraíba

Atenção: Imagens fortes

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum