Segunda Tela

16 de janeiro de 2018, 14h49

Internauta viraliza ao criticar MC: “Sua música é baixa ao ponto de me tornar um objeto despejado na rua”

No post, que já teve mais de 85 mil compartilhamentos, Yasmin aparece maquiada como se estivesse marcada por uma surra e um cartaz nas mãos que diz: “Taca a bebida depois taca a pica e abandona na rua”

No post, que já teve mais de 85 mil compartilhamentos, Yasmin aparece maquiada como se estivesse marcada por uma surra e um cartaz nas mãos que diz: “Taca a bebida depois taca a pica e abandona na rua”

Da Redação

A internauta de João Pessoa (PB), Yasmin Formiga, bombou nas redes com postagem onde critica de maneira contundente o funk “Só Surubinha de Leve”, de MC Diguinho.

No post, que já teve mais de 85 mil compartilhamentos, Yasmin aparece maquiada como se estivesse marcada por uma surra e um cartaz nas mãos que diz: “Taca a bebida depois taca a pica e abandona na rua”.

Nos comentários a internauta escreveu:

“Sua música ajuda para que as raízes da cultura do estupro se estendam. Sua música aumenta a misoginia. Sua música aumenta os dados de feminicídio. Sua música machuca um ser humano. Sua música gera um trauma. Sua música gera a próxima desculpa. Sua música tira mais uma. Sua música é baixa ao ponto de me tornar um objeto despejado na rua.”

A frase do cartaz de Yasmin é um verso da letra da canção:

Veja também:  Felipe Neto explica por que apoia o fim do número de curtidas no Instagram

Só Surubinha de leve

MC Diguinho

Pega a visão!
Pega a visão!
Pega a visão!
Pega a visão!

Aquele pique, óh!
É o selminho que tá mandando
Anda, chama!
É o diguinho que tá mandando
Anda, chama!

Pode vim sem dinheiro
Mas traz uma piranha, aí!
Brota e convoca as puta
Brota e convoca as puta

Mas tarde tem fervo
Hoje vai rolar suruba
Só uma surubinha de leve
Surubinha de leve
Com essas filha da puta

Taca a bebida
Depois taca a pica
E abandona na rua
Taca a bebida
Depois taca a pica
E abandona na rua

Foto: Reprodução Facebook

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum