Imprensa livre e independente
14 de dezembro de 2016, 08h25

Jader Barbalho: “A mídia já tem candidato. É FHC”

Senador disparou contra a imprensa, PSDB e procuradores da Lava Jato, a quem se referiu como “essa gente”. "Está em marcha um processo para derrubar o presidente Michel Temer. Não querem esperar 2018! O esquema é avacalhar o governo, o Congresso".

Senador disparou contra a imprensa, PSDB e procuradores da Lava Jato, a quem se referiu como “essa gente”. “Está em marcha um processo para derrubar o presidente Michel Temer. Não querem esperar 2018! O esquema é avacalhar o governo, o Congresso”. Da Redação Jader Barbalho (PMDB-PA) fez discurso no Senado, nesta terça-feira (13), denunciando o golpe dentro do golpe: “está em marcha um processo para derrubar Michel Temer. A grande mídia aliada a determinados setores já tem candidato. E este candidato é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso”, completou. A frase foi dita logo após o senador elogiar vários pares tucanos,...

Senador disparou contra a imprensa, PSDB e procuradores da Lava Jato, a quem se referiu como “essa gente”. “Está em marcha um processo para derrubar o presidente Michel Temer. Não querem esperar 2018! O esquema é avacalhar o governo, o Congresso”.

Da Redação

Jader Barbalho (PMDB-PA) fez discurso no Senado, nesta terça-feira (13), denunciando o golpe dentro do golpe: “está em marcha um processo para derrubar Michel Temer. A grande mídia aliada a determinados setores já tem candidato. E este candidato é o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso”, completou.

A frase foi dita logo após o senador elogiar vários pares tucanos, entre eles Aloysio Nunes Ferreira e Aécio Neves e também, curiosamente, citar Paulo Henrique Amorim e o seu livro “O Quarto Poder”.

O senador fez ainda a defesa do presidente: “Está em marcha um processo para derrubar o presidente Michel Temer. Não querem esperar 2018! O esquema é avacalhar o governo, o Congresso”, disse. Além disso, criticou o vazamento de delações premiadas. “Essa gente fez condenação por antecipação!”

“Chega, senhor presidente! Não aceito que delações que não foram aceitas juridicamente possam ser publicadas como verdade. Prisão preventiva sem prazo, passou a ser condenação. Estão condenadas à execração pública”, afirmou.

Veja também:  Plenário da Câmara aprova Reforma da Previdência em 1º turno

Jader acenou com a defesa da votação da Lei que pune o Abuso de Autoridade. Fez críticas à reação de magistrados e de parte da imprensa, a quem chamou de “essa gente”. Além disso, defendeu Renan, afirmando que o colega foi muito criticado, atacou as delações não homologadas e acusou juízes de quererem ter mais poder do que na época da ditadura com o Ato Institucional número 5.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum