Imprensa livre e independente
11 de julho de 2019, 21h55

Jamil Chade ironiza embaixadores de carreira que bajularam Bolsonaro

A mensagem completa do jornalista, publicada em sua conta de Twitter, foi "a todos vocês do Itamaraty, que xingaram o Jean na ONU, chamaram a oposição de comunistas, defenderam a exclusão de educação sexual e zoaram com a Alemanha na esperança de ser reconhecidos para uma promoção, lamento pela notícia sobre os novos critérios para ser embaixador nos EUA".

Tuíte de Jamil Chade ironizando diplomatas do Itamaraty. (Foto: Reprodução)
O jornalista Jamil Chade comentou, na noite desta quinta-feira (11), a provável nomeação de Eduardo Bolsonaro como embaixador do Brasil nos Estados Unidos com uma crítica através do Twitter, carregada de ironia e direcionada aos diplomatas de carreira do Itamaraty. Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo A mensagem de Chade foi “a todos vocês do Itamaraty, que xingaram o Jean na ONU, chamaram a oposição de comunistas, defenderam a exclusão de educação sexual e zoaram com a Alemanha na esperança de ser reconhecidos para uma promoção, lamento pela notícia...

O jornalista Jamil Chade comentou, na noite desta quinta-feira (11), a provável nomeação de Eduardo Bolsonaro como embaixador do Brasil nos Estados Unidos com uma crítica através do Twitter, carregada de ironia e direcionada aos diplomatas de carreira do Itamaraty.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

A mensagem de Chade foi “a todos vocês do Itamaraty, que xingaram o Jean na ONU, chamaram a oposição de comunistas, defenderam a exclusão de educação sexual e zoaram com a Alemanha na esperança de ser reconhecidos para uma promoção, lamento pela notícia sobre os novos critérios para ser embaixador nos EUA”.

A notícia de que Eduardo Bolsonaro poderia ser embaixador nos Estados Unidos surgiu no final da tarde, e logo se tornou mais que provável, já que o próprio deputado declarou que aceitava o cargo, que renunciaria ao mandato de deputado e inclusive já fez planos de indicar Olavo de Carvalho como seu conselheiro”.

Também chama a atenção o fato de o presidente Jair Bolsonaro ter indicado o filho ao cargo um dia após o seu aniversário.

Veja também:  Porta-voz diz que governo tem pronta carta de apresentação de Eduardo Bolsonaro aos EUA

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum