Blog do Rovai

20 de junho de 2019, 22h30

JN, Veja e UOL sinalizam mudança de posição da mídia em relação a Moro

Moro vai dormir de cabeça quente nesta quinta (20) se tiver um mínimo de faro para sentir o cheiro de queimado da cobertura da mídia em relação ao conluio que montou com procuradores para condenar Lula.

O Jornal Nacional repercutiu de forma correta a revelação do The Intercept no programa do jornalista Reinaldo Azevedo. A sequência apresentada na reportagem não deixa o telespectador ficar em dúvida sobre a mentira de Moro na sabatina de ontem (ler aqui).

Só a mudança de postura da Globo já seria algo a destacar, mas algo se mexeu na cobertura midiática da Vaza Jato.

A Veja fez uma matéria com um título direto e reto: “Após crítica de Moro, MPF trocou procurador que iria acusar Lula”.

Ou seja, não tem senão. Não tem a palavra suposto para tratar do vazamento.

Mas não foi só.

O UOL colocou o assunto na manchete como o leitor pode ver na imagem que ilustra esta matéria.

E, por fim, o fato de a Band FM estar permitindo Reinaldo Azevedo batucar na cobertura do The Intercept também quer dizer muito.

Veja também:  Janaína Paschoal volta a criticar decisão de Dias Toffoli a favor de Flávio Bolsonaro

Por menos, Villa foi demitido da Jovem Pan.

Moro pode estar sendo abandonado por aqueles que o transformaram em super-herói.

A cobertura de hoje pode ser apenas o primeiro sinal disso. Porque, em geral, a mídia comercial brasileira não se move sozinha.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum