Imprensa livre e independente
13 de julho de 2019, 17h15

Joice Hasselmann toma invertida de Glenn: “Ninguém pode saber se a deputada escreveu as mensagens ou copiou-as”

Ao receber crítica, Glenn compartilhou notícia do site do Sindicato dos Jornalistas do Paraná de 2015, que diz que o Conselho de Ética da entidade comprovou "plágio praticado pela jornalista Joice Hasselmann"

Glenn Greenwald e Joice Hasselmann (Montagem)
O jornalista Glenn Greenwald deu uma invertida na deputada federal e “ex-jornalista” Joice Hasselmann (PSL/SP), que neste sábado (13) publicou um tuíte sobre o que chamou de “ataque primitivo” no protesto contra o editor do site The Intercept na Feira Literária de Paraty (Flip) nesta sexta-feira (12). Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo   Ninguém pode sequer saber se a deputada Joice escreveu as próprias mensagens dela ou copiou-as (https://t.co/TiPgzVQrmk), por isso não é justo criticá-la, mas compare o tweet dela com a realidade aqui: https://t.co/EDY43m46bM https://t.co/ZTSWBzoQ7A — Glenn...

O jornalista Glenn Greenwald deu uma invertida na deputada federal e “ex-jornalista” Joice Hasselmann (PSL/SP), que neste sábado (13) publicou um tuíte sobre o que chamou de “ataque primitivo” no protesto contra o editor do site The Intercept na Feira Literária de Paraty (Flip) nesta sexta-feira (12).

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

 

“Ninguém pode sequer saber se a deputada Joice escreveu as próprias mensagens dela ou copiou-as”, tuitou Glenn, compartilhando notícia do site do Sindicato dos Jornalistas do Paraná de 2015, que diz que o Conselho de Ética da entidade comprovou “plágio praticado pela jornalista Joice Hasselmann”.

Glenn ainda divulgou vídeo que mostra que apesar das tentativas dos bolsonaristas, ele foi aplaudido ao chegar para palestra sobre os desafios do jornalismo em tempos de Lava Jato, na feira de livros de Paraty.

Veja também:  Moro acertou reunião com Dallagnol e Polícia Federal para definir futuro da Lava Jato

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum