Imprensa livre e independente
04 de julho de 2019, 20h02

Julgamento de recurso de Lula pela suspensão de ação da Odebrecht será em agosto

O caso vai ao plenário virtual no dia 16 de agosto e envolve o Instituto Lula

Foto: Ricardo Stuckert
A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) definiu nesta quinta-feira (4) a data do julgamento de recurso movido pela defesa do ex-presidente Lula contra ação penal baseada em acordo de leniência da Odebrecht. O caso vai ao plenário virtual no dia 16 de agosto. Segunda o JOTA, o recurso de Lula tenta travar ação penal contra o petista em que foi negado acesso ao acordo de leniência da Odebrecht no processo da Lava Jato em que é acusado de receber um imóvel no valor de R$12,5 milhões em São Bernardo do Campo. O ministro Edson Fachin concedeu acesso ao acordo,...

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) definiu nesta quinta-feira (4) a data do julgamento de recurso movido pela defesa do ex-presidente Lula contra ação penal baseada em acordo de leniência da Odebrecht. O caso vai ao plenário virtual no dia 16 de agosto.

Segunda o JOTA, o recurso de Lula tenta travar ação penal contra o petista em que foi negado acesso ao acordo de leniência da Odebrecht no processo da Lava Jato em que é acusado de receber um imóvel no valor de R$12,5 milhões em São Bernardo do Campo. O ministro Edson Fachin concedeu acesso ao acordo, mas não cancelou a ação. O caso agora vai para o plenário virtual.

O imóvel em questão seria, de acordo com o Ministério Público Federal, a sede do Instituto Lula.

A defesa do ex-presidente nega irregularidades.

 

Veja também:  Bolsonaro diz que é católico, mas discorda do Papa Francisco em relação a Lula

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum