Blogs

11 de julho de 2018, 11h10

Latino dá ‘jingle’ de presente a seu candidato: “Arrocha, arrocha, com Flávio Rocha”

Que dupla: Latino já teve prisão preventiva decretada por não pagar pensão e Flávio Rocha já foi condenado por trabalho escravo

Atualizada às 16h26 de 11/07

O ex-astro pop, Latino, aquele de um hit único, o “Festa no Apê”, que chegou a ter prisão decretada por não pagar pensão alimentícia, acaba de dar um jingle de ‘presente’ para o pré-candidato à presidência, Flávio Rocha, cujas empresas foram condenadas, no início de 2016, por trabalho análogo à escravidão (leia abaixo).

“Um presente pra esse cara que eu acredito muito que fará toda a diferença no Brasil”, postou Latino como dedicatória.

O jingle, onde cantor e coral aparecem com camisas da CBF, diz em sua letra, feita sobre melodia rebolativa, em ritmo de arrocha:

“É dinheiro no seu bolso, é trabalho o ano todo

Arrocha, arrocha, com Flávio Rocha”

O pré-candidato, ligado ao grupo de extrema direita Movimento Brasil Livre (MBL), se disse surpreso com o presente e agradeceu.

Veja também:  Reinaldo Azevedo rebate Moro: Montanha deu à luz ratazanas que atentam contra a democracia e o estado de direito

Trabalho análogo à escravidão

De acordo com o Repórter Brasil, a Guararapes Confecções, indústria de roupas do grupo Riachuelo, do qual Flávio Rocha é dono, foi condenada a pagar, no início de 2016, uma pensão vitalícia à costureira lesionada devido às atividades exercidas na empresa. A ex-funcionária desenvolveu Síndrome do Túnel do Carpo, que provoca dores e inchaços nos braços. A ação aponta que a trabalhadora teve a sua capacidade laboral diminuída devido ao ritmo de trabalho exaustivo demandado pela fábrica potiguar, onde são confeccionadas peças de roupa vendidas pelas lojas da Riachuelo.

Pensão alimentícia

Já o cantor Latino já há alguns anos frequenta as manchetes por não pagar pensão alimentícia. Uma busca simples no google encontra casos similares envolvendo o cantor em 2015, 2017 e até mesmo agora, há poucos meses, quando chegou a ter prisão preventiva decretada.

A juíza Cristiane de Sá Berbat, da 2ª Vara de Família do Méier, no Rio, expediu uma intimação contra o cantor por conta de uma dívida de seis meses de pensão alimentícia com o filho Matheus, de 6 anos, fruto de um antigo relacionamento do cantor com a modelo Jack Blandy.

Veja também:  #TontosdoMBL dizem que querem jogar movimento contra Moro às vésperas de ato em defesa do ex-juiz

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum