Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
24 de fevereiro de 2018, 13h53

Filmes brasileiros são premiados no segmento LGBT do Festival de Berlim

“Tinta Bruta” recebeu o prêmio da Confederação Internacional de Cinema de Arte e Ensaio e “Bixa travesty” levou o troféu de melhor documentário

MC Linn da Quebrada, em “Bixa Travesty” – Fotos Divulgação

O filme brasileiro “Tinta bruta”, dirigido por Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, recebeu, neste sábado (24), o prêmio da Confederação Internacional de Cinema de Arte e Ensaio (CICAE) no Festival de Berlim. Exibido na mostra Panorama, a segunda mais importante do festival, o filme narra a história de Pedro, um jovem homossexual que ganha dinheiro com atuações em fóruns na internet.

Shico Menegat em cena de “Tinta Bruta”

“Tinta bruta” já tinha recebido nesta sexta (23) o prêmio Teddy, destinado a filmes com temática LGBT, de melhor ficção. Outra produção brasileira premiada na cerimônia foi “Bixa travesty”, de Kiko Goifman e Claudia Priscilla, que levou o troféu de melhor documentário.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum